agosto 30, 2011

Dissecando | As tramas de Nicholas Sparks


Quem não ouviu falar de Nicholas Sparks, o autor de A Última Música (U.M.), Querido John (Q.J.), Um Amor para Recordar (ApR), Noite de Tormenta, entre outros...
Ele é um dos grandes nomes do romance da nossa atualidade e só para se ter noção, o próximo lançamento dele, The Best of Me, já tem os seus direitos vendidos para se tornar um filme, mesmo antes do lançamento. Quem já leu sabe do que eu estou falando, o cara é fera!
Porém, se você é um bom observador já percebeu certas coisas repetida em toda história dela. É que nem na Malhação: sempre tem um casal malvado querendo acabar com a paz do casal bonzinho. Sendo assim, depois de eu assitr Um Amor para Recordar esse fim de semana (sim, eu não tinha assistido ainda) eu finalmente me dei conta dessas peculiaridades, e aqui estão elas.
  • Casal se conhece;
  • Descobre algumas diferenças e o AMOR;
  • Lutam contra as diferenças e acabam se apaixonando mais ainda;
  • Alguém tem um projeto (ex: coleção de moedas Q.J/ telescópio ApR/ uma canção U.M);
  • As diferenças falam mais alto e eles brigam, havendo uma breve separação;
  • Algo os faz voltar um para os braços do outros;
  • Eles permancem alguns alegres momentos juntos;
  • Alguém descobre ter uma doença, ou é um dos personagens principais ou alguém importante para um deles;
  • Lutam contra a doença até o final, mas não resolve muito, alguém morre;
  • O projeto é finalizado e com ele fica a lembrança daquele grande amor ou da pessoa envolvida;
Também perceberam isso? É isso é meio que BEM comum nos livros dele; nos que eu li eu vi todos esses tópicos. Mas isso não quer dizer que isso faça o livro ficar ruim... PELO CONTRÁRIO, cada livro dele é bem diferente do outro, pelo modo como ele escreve, pelo modo como os personangens reagem à cada situação. Cada livro é único em seu estilo, mesmo recorrendo à alguns conceitos básicos usados por ele.
E aí, gostaram? Alguém notou algo mais? Então basta deixar um comentário respondendo.

2 comentários:

João Victor disse...

Oi ..

Eu adoro os livros do Nicholas, apesar de ainda ter lido apenas 2.

Concordo com você. Nas duas obras que eu li ("Um amor para Recordar" e "A Última Música") eu encontrei esses aspectos, mas como você falou, os livros são únicos.

Adorei o post :)

João V.
http://www.amigodolivro.blogspot.com/

Bruno M disse...

Haha, adorei isso!
Eu aceito ler Nicholas Sparks no MÁXIMO 2 vezes ao ano.
Sofrimento e morte eu vejo no tele jornal!